18.7.03

Com uma das maos eu sempre defendo a liberdade, e com a outra acrescento algumas horas ao meu dia.

Mas quando as coisas resistem às idéias, e o mundo resiste aos sonhos — nao penso em mudar de sonhos nem mudar de idéias: eu primeiro procuro mudar de coisas e mudar de mundo!


Revista Veja, 09 de julho de 2003, pag 103.