17.2.03


Eu nunca me justifico:
Para quem gosta de mim, não é preciso.
Para quem não gosta — não adianta...