2.8.02


“Ninguém mais controla aquele que Deus extravia...”