11.5.02


Os poetas, os loucos, os aventureiros, os amantes da liberdade, da vida, da lógica e do amor — não seremos compreendidos jamais!
A não ser por outros poetas e loucos, por outros aventureiros e amantes da liberdade, da vida, da lógica e do amor...

Tem sido assim nos últimos dez mil anos... e não será agora que urubus passarão a gostar de flores!