15.1.02


Sabe aqueles dias em que teu peito parece uma Sibéria? Você olha no espelho da vida, olha fundo, e não vê um ser humano: — vê um palhaço.

Pois, é: isso é apenas um sinal. Entenda-o. Nesses dias você tem que reagir. Com lógica, com critério, com inteligência.

Porque, se você não reagir — imediatamente — logo logo vai olhar no espelho da vida outra vez e terá uma surpresa horrorosa:

— Verá o cadáver de um palhaço!