31.1.02

O prazer é um antídoto ao medo.

Quem costuma ter prazer não coloca o rabo entre as próprias pernas. É por isso que o moralista judeu, supondo saber mais que a Natureza, inventou a circuncisão – e conseguiu convencer os seus pares de que isso era um bem... Ele sabia o quão importante era o papel do prepúcio nas relações sexuais e na masturbação do homem!
O judeu circuncidado, portanto, jamais conhecerá o verdadeiro orgasmo.

Nem mesmo a Jesus lhe permitiram tal prazer.